Vivendo uma fé agressiva (Mt. 17:18-21)  

Culto Santa Ceia | Pr Luiz Carlos Cruz 

E, repreendeu Jesus o demônio, que saiu dele, e desde aquela hora o menino sarou. Então os discípulos, aproximando-se de Jesus em particular, disseram: Por que não pudemos nós expulsá-lo? E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. Mas esta casta de demônios não se expulsa senão pela oração e pelo jejum

 

        Esse texto nos mostra o Espírito de fé que há em Jesus, da mesma forma os discípulos queriam terem tido o resultado em suas orações por aquele menino, no entanto sua fé não o suficiente ainda, eles precisavam aprender mais , orar e jejuar era sua classe e escola. Os ensinos que tiveram pela palavra de Jesus, resultou em um ministério frutífero e agressivo mais tarde, onde curaram enfermos, libertaram, cativos, expulsaram muitos demônios, e salvaram muitas vidas. isso porque levaram em conta a declaração feita por Jesus. Precisamos dar créditos a sua palavra e estar disposto a pagar o preço através de uma vida cheia da presença de Deus.

 
Assim está escrito: “Cri, por isso declarei!” Com esse mesmo espírito de fé,

nós igualmente cremos e, por esse motivo, falamos. II co 4:13

 

         Isso é dar seguimento ao trabalho de Cristo, crer, declarar, profetizar, interceder , e aplicar a nossa fé. Uma vez que recebemos a Jesus, como o Senhor de nossas vidas nos tornamos um com ele, e isso significa que teremos a mesma autoridade e fé que há em Jesus.

 

E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela tua palavra hão de crer em mim;

Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós,

para que o mundo creia que tu me enviaste. Jo 17:20-21  


    Somos um em Jesus, Ele já determinou isso, e através de nossa fé; agressiva, explosiva, determinante, é que rompemos nas batalhas, destruímos fortalezas, expulsamos os demônios, curamos os enfermos e vencemos o mal. Outra virtude de um Espírito de fé agressiva é que nos tornamos muito mais ousados na conquista do Reino de Deus em nossa cidade e em nosso Bairro, Estado e País, através de nossas células e grupos de evangelismo. Perdemos todo o medo, o receio, a timidez, a vergonha, disponibilizamos mais de nossas vida e nosso tempo para Deus, através de um Espírito de unidade e amor, renunciando todo comodismo, suportando toda afronta por causa do Reino. Isso é uma fé plena e positiva. Como vemos sendo a marca da igreja de Atos, quando os primeiros cristãos, suportavam o terrorismo do diabo através dos açoites, das arenas, e de todo sofrimento causado por sua fé em Jesus.

 

Algumas referências de um espírito de fé agressiva:

 

E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa,

comiam juntos com alegria e singeleza de coração. At 2:46

 

 Jesus dizia pois aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra,

verdadeiramente sereis meus discípulos; Jo 8:31-32

 

 O que vimos e ouvimos, isso vos anunciamos, para que também tenhais comunhão conosco;

e a nossa comunhão é com o Pai, e com seu Filho Jesus Cristo. 1 Jo 1:3

E, soltos eles, foram para os seus e contaram tudo o que lhes disseram

os principais dos sacerdotes e os anciãos. At 4:23

 

 Muitos sinais e prodígios eram feitos entre o povo pelas mãos dos apóstolos.

E estavam todos unanimemente no alpendre de Salomão. At 5:12-14  

 

Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé,

pois que por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus. At 14:22

Alegraivos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; Rm 12:12 

 

Porquanto, todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

Pois vós não recebestes um espírito que vos escravize para andardes,

uma vez mais, atemorizados, mas recebestes o Espírito que os adota como filhos,

por intermédio do qual podemos clamar: “Abba, Pai!” O próprio Espírito testemunha ao

nosso espírito que somos filhos de Deus. Rm 8:14-16

 

         Nossos irmãos entenderam o Propósito da igreja que é o de tomar posse  de uma benção que Jesus já conquistou na cruz e entregou a cada um de nós. Por esta causa, vamos pra cima com uma Espirito de Fé .

Gabarito para Célula

Clique no icone para baixar